Parecer não deve prejudicar produtores de cana